sábado, 4 de agosto de 2012

SERIA A VINGANÇA ERRADA ?

LEMBRA-TE, SENHOR, DOS EDOMITAS E DO QUE FIZERAM QUANDO JERUSALÉM FOI DESTRUÍDA, POIS GRITAVAM: "ARRASEM-NA! ARRASEM-NA ATÉ AOS ALICERCES! " Ó CIDADE DE BABILÔNIA, DESTINADA À DESTRUIÇÃO,"FELIZ AQUELE QUE LHE RETRIBUIR O MAL QUE VOCÊ NOS FEZ! FELIZ AQUELE QUE PEGAR OS SEUS FILHOS E OS DESPEDAÇAR CONTRA A ROCHA!" SALMOS 137:7-9

 É natural o sentimento de vingança quando passamos por vitimas de; injustiça, de traição, de calunia, ou quando; somos iludidos, trapaceados, maltratados. E em geral quando nos fazem mal. Não é verdade? Este sentimento é comum, pois esta inter-relacionado ao comportamento da humanidade desde a antiguidade, como nos mostra este antigo texto escrito a muitos anos atrás, antes de Cristo. Quando o povo orava a Deus exigindo a vingança de seus inimigos. Quem sabe isso seja o certo a fazer ,não é mesmo?

 E você tem respaldo em alguns textos bíblico para te apoiar, como neste salmo que você viu. Afinal de contas esta escrito na Bíblia , e até mesmo na igreja você ouve alguns sermões e louvores que te da a ideia que a vingança é boa e não é errado. Nem tem problema nenhum comemorar , quando vemos o mal daquele que nos fez mal, daqueles que nos viram na prova e não nos ajudaram, Mas quando você estiver na benção... Ai pode até cantar, “A MINHA VITÓRIA TEM SABOR DE MEL” Só para ter o gosto da vingança, de ver se arrepender quem não nos ajudou. Mas será mesmo que Deus estaria apoiando a vingança como vimos neste salmo, E em algumas musicas e mensagem que ouvimos?

  Resolvi escrever de uma maneira irônica para trazer um alerta sobre aquilo que estamos permitindo entrar em nossos corações: A vingança, ressentimento, magoa e falta de perdão. 

Será que o Senhor Jesus estaria em contradição quando disse:

“E quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial lhes perdoe os seus pecados".

Marcos 11:25 "Mas eu digo a vocês que estão me ouvindo: Amem os seus inimigos, façam o bem aos que os odeiam, Lucas 6:27

 Ou também o Apóstolo Paulo quando disse:

“Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou.” Colossenses 3:13

“Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo.” Efésios 4:32

 Pelo que você viu e pode compreender. Deus não esta apoiando a vingança e nem o Senhor Jesus, nem muito menos Paulo esta em contradição. Apesar de Bíblia ser inspirada pelo Espirito Santo e ser a boca de Deus falando, ela é um livro de registro. Nem tudo que esta escrito na bíblia Deus está apoiando, ou aprovando pois ele é santo e não compactua com o pecado.

 Existem dois tipos de texto na bíblia que quero temos que diferenciar: Textos descritivos e textos normativos.

 Textos descritivos:

São textos que descrevem um acontecimento, relatam diálogos, atos, falam de pecados e boas ações cometidas,...Enfim só estão relatando e descrevendo uma ação, As vezes um pecado, uma mentira, uma mal que alguém praticou. Mas não é porque esta escrito na bíblia um pecado que eu tenho que pecar, só porque está escrito. Estes não são mandamentos e nem se deve fazer doutrina em cima de um texto isolado.

 Textos Normativos:

São textos que contem normas, mandamentos, ordenanças, preceitos, estatutos, enfim são textos para serrem praticados.

E porque Textos diferentes? Para que aprendemos a não praticar com os erros, mas sim praticar com os exemplos. “E estas coisas foram-nos feitas em figura, para que não cobicemos as coisas más, como eles cobiçaram. Ora, tudo isto lhes sobreveio como figuras, e estão escritas para aviso nosso, para quem já são chegados os fins dos séculos. 1 Coríntios 10:6,11

André Rocha

Leia mais >>
 
© 2011 ICPB BURITI